BALNEáRIO CAMBORIú (47) 3268-6591 4799.605-3000
Ligamos para Você
Nossa politica de privacidade e cookies Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência na navegação.
Você pode alterar suas configurações de cookies através do seu navegador.
Plaza Imóveis
Plaza Imóveis
Telefones para Contato

Busca de Imóveis

Selecione os critérios de busca nos campos abaixo e encontre seu imóvel dos sonhos

Plantio de restinga na praia de Balneário Camboriú

Plantio de restinga na praia de Balneário Camboriú

Projeto-piloto

Em 2 de maio, a empresa que venceu a licitação para o plantio da restinga começou o projeto-piloto na Barra Sul. Nesse local, foram plantadas 2.635 mudas em uma área de 2.635 metros quadrados, uma para cada metro quadrado, informou a secretária.

 

Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a prefeitura, o IMA e o MPF deve ser entregue ainda nesta semana pelo Ministério Público sobre o plantio da restinga na Praia Central, disse a secretária. Esse documento vai especificar se a área do projeto-piloto vai aumentar, além de deixar oficializado o acordo entre os órgãos para que o plantio no restante da orla seja feito após as obras de reurbanização.

 

As mudas de restinga que serão plantadas na praia são das espécies Hydrocotyle bonariensis e Hipomoea pes-caprea. A secretária destacou que são plantas rasteiras, de, no máximo, 30 centímetros de altura.

 

Além disso, esclareceu que as dunas artificiais, para ajudar a evitar a erosão, já estão implantadas. Elas têm, em média, 1 metro de altura em relação ao nível do mar, chegando a 1,5 metro na Barra Sul. "Elas são planas, não vão ser dunas no estilo de um morro", afirmou.

 

O MPF afirmou em nota que "está acompanhando a implementação das condicionantes ambientais e está em tratativas com o município e o IMA para assinatura de um compromisso de ajustamento de conduta. Em especial, a recuperação da restinga na praia pós-alimentação artificial é essencial para a manutenção desse novo bloco de areia, tendo em vista que a presença dessa vegetação evita que os sedimentos lá existentes sejam levados pela ação cíclica das marés e dos ventos. O MPF compreende que essa recuperação da restinga deve ser compatível e concomitante com a implementação do projeto de revitalização da orla da praia central".

 

Projeto e plantio

 

Os envelopes da tomada de preços para o plantio da restinga foram abertos em 3 de dezembro. A empresa Igara Engenharia Ambiental LTDA foi a vencedora. O valor da proposta é R$ 1,2 milhões. A estimativa de custo feita pela prefeitura era de R$ 1,5 milhões.

 

A empresa terá que fazer a produção das mudas da restinga, já que elas geralmente não são comercializadas, conforme a secretária. "São estimadas para colocação 33.167 mudas. Solicitamos [à empresa que vencer a licitação] o dobro disso, uma vez que sabemos que será necessária reposição", explicou.

 

Além do plantio, a vencedora precisará fazer o monitoramento da vegetação durante 24 meses, com duas visitas por mês no verão e uma vez por mês no inverno e outono, para que o município tenha certeza que a restinga permanecerá no local.

 

Fonte: g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2022/07/04/plantio-de-restinga-em-praia-alargada-de-balneario-camboriu-sera-feito-apos-reurbanizacao.ghtml